Dólar comercial opera em queda pressionado pela grande entrada de fluxo

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O dólar comercial opera em queda de 0,51%, cotado a R$ 3,2850 na venda, por causa da entrada de fluxo, em um dia atípico, no qual a moeda norte-americana ganha valor em relação a grande maioria de seus pares, com exceção do real. Com isso, o Dollar Index sobe 0,72% diante da expectativa da alta dos juros norte-americanos.

“Na cesta de 16 moedas que analisamos, o real é a única que ganha do dólar. Isso se dá por causa da entrada de fluxo, grandes fundos de investimentos estão entrando no Brasil para apostar na taxa de juros mais alta do mundo e no mercado de ações também, segundo me passaram as tesourarias de alguns bancos”, afirmou o diretor de câmbio da Correparti, Jefferson Luiz Rugik.

Ele ainda falou sobre essa entrada de fluxo por conta da mudança de governo e aumento de exportações. “Hoje os negócios foram bons para os exportadores quando o dólar bateu R$ 3,30, o fluxo foi positivo, muito por conta da retomada da confiança no Brasil com a troca do governo federal”, diz.

As informações são da Agência CMA.

Revisão: Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2016 – Grupo CMA