Fiscais do Mapa interditam empresa de laticínios no RS

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Indústria tinha histórico de descumprimento da legislação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) interditou, na manhã desta quinta-feira (2), a Taurino Laticínios Indústria e Comércio Ltda, no município de Tenente Portela, no Rio Grande do Sul. A empresa é suspeita de vender massa de queijo em condições impróprias ao consumo humano. A operação Queijo Compensado III foi feita em conjunto com o Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado-Segurança Alimentar, do Ministério Público do estado.
 
A equipe de fiscais da Superintendência Federal da Agricultura no estado coletou amostras do produto que serão encaminhadas ao Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) do Rio Grande do Sul. O dono da agroindústria foi preso por falsificação de documentos.

Histórico de irregularidade

Desde setembro de 2014, quando a Taurino Laticínios começou a funcionar, a empresa apresentava histórico de descumprimento da legislação sanitária. Chegou a ser interditada três vezes, teve quase 11,4 mil peças de queijo apreendidas e recebeu multa de cerca de R$ 616 mil.
 
A fábrica também passou pelo Regime Especial de Fiscalização (REF), em que o estabelecimento ficou em inspeção permanente, com amostras coletadas de todo o leito cru recebido pela empresa.
 
O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Mapa coordena o Programa de Combate à Fraude. Em amostras coletadas em estabelecimentos com inspeção federal no Rio Grande do Sul, das 1,5 mil analisadas em 2014 apenas três apresentavam indícios de fraude. Em 2015, das 1,8 mil amostras somente uma tinha o mesmo problema.

Deixe uma resposta