Reunião visa intermediar ações para amenizar as perdas da produção agrícola

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Entre as demandas a serem encaminhadas está reunião com instituições financeiras visando mecanismos que diminuam os prejuízos no setor primário

Secretário Ernani Polo anunciou apoio e solidariedade do governo aos municípios com perdas na agricultura - Foto: Alexandre Farina
Secretário Ernani Polo anunciou apoio e solidariedade do governo aos municípios com perdas na agricultura – Foto: Alexandre Farina

Os secretários da agricultura, pecuária e irrigação, Ernani Polo, do desenvolvimento rural, pesca e cooperativismo, Tarcísio Minetto e do Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, estiveram reunidos, nesta quinta feira (21), em Pelotas, com prefeitos da associação de municípios da zona sul do Estado, para verificar a situação dos prejuízos enfrentados pelas administrações municipais com as fortes chuvas, em especial na produção agrícola e levantar dados para que se possa intermediar ações para amenizar perdas.  

 Atualmente, 18 dos 21 municípios que compõe a associação estão enfrentando sérios prejuízos devido as chuvas intensas que tem precipitado na região sul nas últimas semanas, com severas perdas principalmente nas culturas de soja, arroz, milho e na produção leiteira. Estima-se que os prejuízos já alcancem aproximadamente R$ 450 milhões de reais. Só na cultura da soja as perdas nas lavouras ficam em torno de 35% a 40% e no arroz cerca de 20%. Há municípios, como Arroio Grande, que com as perdas em soja, pode ter decréscimo de circulação na economia da ordem de mais de 100 milhões de reais. Os prefeitos relataram graves perdas em agricultura, o que já irá se refletir na queda de arrecadação municipal.

Entre os encaminhamentos definidos estão o auxílio do governo, via defesa civil e secretarias, no levantamento das perdas, a fim de homologação de situação de emergência. Outro ponto definido será o agendamento de uma reunião imediata com instituições financeiras, para se buscar medidas que amenizem os prejuízos de produtores em financiamentos contratados. Também serão levadas estas demandas aos ministérios da agricultura e abastecimento e do desenvolvimento agropecuário.

“Verificamos uma situação muito preocupante, com os municípios trazendo uma angústia de suas administrações e dos produtores, que estão tendo prejuízos em  quase tudo o que plantaram. São 400 mil toneladas da safra de soja perdidas. Qualquer tipo de perda para o produtor sempre é ruim, mas perder por não poder colher é sem muito triste.Viemos aqui, os três secretários, para trazer a solidariedade do governo e também alinhavar ações para encaminhá-las imediatamente. Sabemos o que representam todas estas perdas, especialmente para quem produz”, diz o secretário Ernani Polo.

“Foi importante esta reunião pois demonstramos que o governo está unido em torno do socorro aos municípios e aos nosso produtores”, afirma o secretário Fábio Branco.

“ Sem dúvida, tivemos um encontro proveitoso. Queremos agora dar agilidade nos laudos técnicos no levantamento das perdas. É importante também dar encaminhamento de reuniãocom os agentes financeiros para verificar o que é possível fazer pelos produtores”, salienta o secretário Tarcísio Minetto.

Deixe uma resposta