Debate sobre solo e conservação da água na Expodireto

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Fórum foi um marco para a feira e estará presente nas próximas edições

Foto: Ana Cláudia Capellari
Foto: Ana Cláudia Capellari

 

Ana Cláudia Capellari – Especial Destaque Rural

Com o tema “Conservar para produzir melhor” o evento foi aberto com o discurso do presidente da Expodireto Cotrijal, Nei César Mânica, que salientou a importância de se realizar um fórum deste porte, já que o ano de 2015 foi considerado o ano internacional do solo.  Também estiveram presentes na cerimônia de abertura do evento, o presidente da EMATER/RS – ASCAR, Clair Tomé Kuhn, o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcísio José Minetto e o secretário Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, entre outras autoridades. 

Polo falou sobre a relevância do programa de conservação do solo e da água do governo estadual. O projeto tem duas diretrizes a serem seguidas: a de aumentar a capacidade da produção de alimentos e a de cuidar do meio ambiente.  O programa possui linhas de financiamento que abrangem desde a agricultura familiar (PRONAF) até agricultura de baixo carbono (ABC) e tem, entre seus objetivos, reduzir o risco de escassez hidríca nas lavouras e promover a educação para os cuidados em relação ao solo e a água. 

Abrindo a sessão de palestras, o Ministro do Tribunal de Contas da União, João Augusto Nardes, explicou sobre o trabalho que o TCU realiza e como o órgão pode estar aliado ao agronegócio para gerar resultados. Esta parceria tem como principal objetivo aumentar a segurança dos alimentos que chegam até a população, atráves de auditorias que fiscalizam o trabalho dos produtores rurais e de planejamentos que acompanham a realidade do campo.   O auditor da Secretária de Controle Externo da Agricultura e Meio Ambiente do Tribunal de Contas da União, Vinícius Neves, deu continuidade a palestra falando sobre legislação e bancos de dados de informações, a fim de melhorar e preservar o solo e a água. De acordo com Neves, a expectativa do TCU é de que consiga implementar políticas de conservação do solo e da água.

Sobre a atual situação da conservação do solo e da água no Brasil e no Mundo, o pesquisador da EMBRAPA Trigo, José Eloir Denardin, trouxe questões referentes a tecnologia e produção de soja. A produção desde 2002 não cresce no estado do Rio Grande do Sul e isto se deve a falta de cuidados com o solo e a água. Com esta falha no cuidado, muitas plantações foram devastadas e safras perdidas, o que coloca em risco o sustento de famílias e a economia do setor do agronegócio. 

A última palestra do fórum, que teve como painelista o engenheiro agrônomo da EMATER/RS, Edemar Valdir Streck,  teve como tema os questionamentos acerca dos retrocessos das plantações e suas causas.

Experimento da Embrapa na Expodireto Cotrijal mostra como raízes e plantas de verão podem ajudar na construção da fertilidade do solo. Confira o vídeo:

Deixe uma resposta