Expodireto inicia com anúncio de investimentos na área

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

André Nassar, representante do MAPA, divulgou remanejamento de R$ 300 milhões para o programa Moderfrota

Iniciou hoje a 17ª edição da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque. Na cerimônia de abertura da feira, o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar, anunciou o remanejamento de R$ 300 milhões para o programa Moderfrota. Defesa agropecuária, seguro agrícola, inovação e transferência de tecnologia e crédito rural foram destacados como prioridades do Ministério.

A cerimônia contou com a presença de diversas autoridades nacionais e regionais, entre elas, o governador do estado do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB), a presidente da Assembléia Legislativa, Silvana Covatti (PP) e o senador Lasier Martins (PDT).  Em seu discurso de abertura, o presidente da Cotrijal, Nei Mânica, destacou o clima de confiança e otimismo que a feira traz no atual cenário brasileiro.

Nassar ressaltou que o Governo Federal segue na busca pelo custeio de 100% do seguro agrícola, que atualmente, com o ajuste fiscal, está orçado em R$ 400 milhões. A meta, chega à casa de R$ 1,1 bilhão. Em relação ao pilar de inovação e transferência de tecnologia, Nassar destacou a importância de fortalecer a EMBRAPA e garantir seus orçamentos.  Lembrou ainda que o Crédito Rural é fundamental para a execução do Plano Safra.  Em 2015, os R$ 10 bilhões foram divididos em dois programas federais: PSI (já extinto) e o Moderfrota. A expectativa para a safra 2015/2016 é de que seja investido cerca de R$ 5,2 bilhões, uma demanda menor que também está relacionada a preferência dos produtores em trabalhar mais seu custeio, deixando demais investimentos em segundo plano.   

Neste ano, a feira conta com 554 expositores e mais de 70 países participantes.

 

Plano Safra

Em coletiva de imprensa realizada após a abertura da 17ª Expodireto Cotrijal, o governador José Ivo Sartori (PMDB), anunciou que não está garantido o Plano Safra Estadual. Sartori respondeu que o plano depende da atual conjuntura econômica.  O governador também falou sobre o pagamento dos servidores públicos e não descarta parcelamento. Previsão de anúncio sobre salários pode sair a partir do dia 20 de março. Sobre a nomeação de professores anunciada na semana passada, o governador ressaltou que foi uma medida jurídica para cumprir com a Lei de Responsabilidade Fiscal.  

Deixe uma resposta