Plataforma digital promete mudar a forma de fazer negócios no setor agrícola

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Em iniciativa pioneira no Brasil a CBC Negócios facilita a compra e venda de insumos agrícolas, além de oferecer 50% de redução de custos, eficiência e conveniência para realização de negócios no setor.

Todos os participantes do setor agrícola já podem ter acesso à plataforma da Central Brasileira de Comercialização – CBC Negócios, primeira e única criada para facilitar as operações de compra e venda de commodities e insumos agrícolas. A plataforma foi testada por dois anos para chegar ao patamar de eficiência e abrangência que disponibiliza atualmente. Com sua utilização é possível aos interessados fechar negócios de maneira mais rápida, segura e, em média, 50% mais econômica que os métodos tradicionais.

O objetivo da empresa é atuar em todas as categorias do mercado do agronegócio no Brasil e no mundo, desde agricultura familiar até grandes produtores, tradings, agro indústrias, cooperativas e toda a cadeia produtiva. A CBC Negócios vem conquistando cada vez mais usuários que buscam comprar e vender commodities e insumos agrícolas. “Em geral, no Brasil os produtores direcionam a rotatividade de suas plantações em função das oportunidades que o mercado oferece, por isso é tão importante estar atento às oscilações, influências e cotações para concretizar bons negócios. Neste sentido, a CBC cumpre um papel ainda mais importante e abrangente, uma vez que reúne em um único local todas essas informações”, explica Eduardo Fogaça, diretor comercial da CBC.

Atualmente a plataforma CBC Negócios oferece cerca de 160 produtos alocados em 20 categorias, sendo possível a inclusao a qualquer momento de um novo produto ou categoria, dentro das quais é possível encontrar uma infinidade de produtos ligados ao setor agrícola como um todo, desde etanol, soja, milho, café, arroz, aveia, até equipamentos, máquinas, entre outros.

A CBC atua como uma facilitadora com a criação de um novo ambiente de transações comerciais dirigido exclusivamente a profissionais já especializados do setor.  Para cada negociação é elaborado um contrato de adesão que deixa claro os termos acordados e condições. Para utilizar a plataforma os usuários não precisam pagar nenhuma taxa ou mensalidade. A CBC cobra um percentual sobre negócios fechados, calculado sobre cada transação, com variação das alíquotas conforme os produtos, mas que representa no mínimo 50% menos custos de operação que nos métodos normalmente praticados pelo mercado.

O agronegócio é uma das principais bases da economia brasileira e segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, a produtividade da agricultura no País cresce em media 50% a cada dez anos, ou seja, nos próximos anos o setor passará por algumas transformações para se adaptar às novas demandas e para se desenvolver ainda mais. Fogaça acredita que neste cenário a inovação e a tecnologia certamente precisarão estar presentes para auxiliar e impulsionar novos negócios que estão por vir e a plataforma CBC é um exemplo dessa antecipação e vem de encontro a isso. “Além disso, a venda de uma safra pode girar o volume por três vezes ou mais entre os players do agronegócio, portanto quanto mais agilidade e confiabilidade no processo, maior o volume de negócios bem sucedidos”, conclui o diretor.

ENTENDA A PLATAFORMA

A QUEM SE DESTINA?

Indústrias, Produtores rurais, Cooperativas agrícolas, Distribuidores, Cerealistas, Tradings, Exportadores e importadores, Usinas produtoras de etanol e açúcar, Bancos e corretoras de mercadorias, Transportadoras, Agricultura familiar.

COMO FUNCIONA?

Para ter acesso à plataforma acesse www.cbcnegocios.com.br e clique em “cadastre-se”. O usuário receberá um e-mail de boas vindas, com o link para ativar a conta. A partir daí, terá que escolher apenas o que deseja fazer como “comprar”, “vender”, “mercado interno ou externo”, “indicação ou oferta”, entre outras possibilidades.

POR QUE A CBC?

– Em média a plataforma é 50% mais econômica que os métodos tradicionais;

– Oferece disponibilidade, competitividade, transparência e liquidez;

– É possível criar e selecionar um grupo de até 200 pessoas para oferecer produtos e

  fechar negócios direcionados;

– Disponibiliza a opção de salas exclusivas de negociação;

– Acaba com o problema de mobilidade e limitação geográfica;

– Alcance global para compra e venda. 

Deixe uma resposta