USDA confirma ampla oferta mundial de soja em 2015/16

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O relatório de dezembro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) manteve as projeções de produção eestoques finais dos Estados Unidos em 2015/16.

A safra norte-americana está estimada em 3,981 bilhões de bushels. O USDA manteve a estimativa de novembro. Os estoques ficaram estimados em 465 milhões de bushels, enquanto o mercado esperava 466 milhões. Para 2014/15, o USDA manteve a estimativa em 191 milhões de bushels, também inalterado.

Segundo o USDA, as exportações em 2015/16 deverão somar 1,715 bilhão de bushels. O esmagamento está projetado em 1,89 bilhão. A produtividade foi mantida em 48,3 bushels por acre. A previsão de área colhida foi mantida em 82,4 milhões.

O relatório projetou safra mundial em 2015/16 de 320,11 milhões de toneladas. No relatório anterior, o número era de 321,02 milhões.  Os estoques finais foram reduzidos de 82,86 milhões de toneladas para 82,58 milhões, acima do esperado pelo mercado, de 82,9 milhões.

A projeção do USDA aposta em safra americana de 108,35 milhões de toneladas. Para o Brasil, a previsão é de uma produção de 100 milhões de toneladas, enquanto a safra argentina deverá ficar em 57 milhões de toneladas, repetindo as projeções de novembro. A China deverá importar 80,5 milhões de toneladas, repetindo o mês anterior.

Conab

O terceiro levantamento de intenção de plantio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra brasileira de soja 2015/16 divulgado indicou uma produção brasileira de 102,459 milhões de toneladas, alta de 6,5% frente à última temporada (2014/15), quando o Brasil colheu 96,242 milhões de toneladas.

Para atingir esse volume, a Conab indica uma área plantada de 33,189 milhões de hectares, aumento de 3,4% se comparado à última temporada, quando foram semeados 32,093 milhões de hectares. A Conab trabalha com uma produtividade média nacional de 3.087 quilos de soja por hectare, 2,9% superior à média de 2.999 quilos por hectare de 2014/15.

O Mato Grosso, primeiro produtor nacional de soja, teve uma indicação de aumento de 2,3% na área de plantio frente aos 8,934 milhões de hectares cultivados na safra passada, podendo ficar em 9,140 milhões de hectares em 2015/16. A produção de soja de Mato Grosso está estimada em 29,056 milhões de toneladas, aumento de 3,7% frente às 28,018 milhões de toneladas colhidas na safra 2014/15.

Deixe uma resposta